O Milagre da Manhã – The Miracle Morning

Já faz algum tempo que falei aqui no blog ter lido o livro O Milagre da Manhã de Hal Elrod. Acabei demorando de postar aqui as minhas impressões, porque eu queria ter passado do período crítico de adaptação e ter a prática proposta dentro de minha rotina de forma natural.

515rjH7yikL._SY346_
O Milagre da Manhã

Sempre me incomodou muito ter que levantar já focado em sair de casa para o trabalho, tendo tempo curtíssimo para realizar meu ritual matutino. O dia já começava errado, pois a chance de estresse, por mais leve que fosse, por me atrasar em alguma atividade devido a imprevistos eram altas.

Muitos YouTubers já falavam a respeito do livro, mas eu acabava não dando muito crédito; me parecia um modismo gerado por algum livro de autoajuda que estava na lista dos mais vendidos da Veja.

Como sou muito curioso e gosto de desafios, após começar a ouvir outras pessoas do meu convívio também falarem do livro, decidi dar uma chance. Já tinha noção de que não estava me fazendo bem dormir tarde não realizando nada produtivo.

Era certo que eu iria testar levantar às 5h da manhã, mas queria um embasamento que encontraria no livro. Não é minha intenção tratar de todos os aspectos que o autor expõe no livro aqui, mas irei falar um pouco sobre o ritual que é realizado logo após as 5 horas da manhã.

Life S.A.V.E.R.S.

O autor sugere que os rituais sejam realizados dentro de uma média de 6 minutos para cada fase, ou 1 minuto numa versão reduzida em casos excepcionais de um dia mais corrido. Eu, particularmente, não ter tudo cronometrado nem necessariamente fazer tudo o que ele recomenda. Então eu adaptei tudo à minha necessidade.

S = Silence (Silêncio)

Uma das melhores sensações que temos ao levantar às 5 horas da manhã é a de que o mundo pertence a nós. O silêncio traz uma paz imensa! Durante essa fase, não me permito pensar sobre as minhas obrigações do dia ou alguma preocupação que esteja rondando os meus pensamentos. Logo que levanto, faço um pouco de exercício de respiração e tomo um copo de água cheio, já que desidratamos durante o sono. Prolongo o período de silêncio ao levar o meu cachorro para passear, assim como mantenho o processo de respiração, que funciona quase que como uma meditação para mim.

A = Affirmations (Afirmações)

O objetivo aqui é você focar naquilo que você precisa melhorar, objetivos que devem ser alcançados e afins. No início, eu até tentei fazer, mas não me adaptei. Acabo recorrendo a uma outra fase, descrita abaixo, para realizar algo similar.

V = Visualizations (Visualizações)

Quais são os aspectos de nossas vidas que precisam ser constantemente avisadas ao cérebro que não podem ser negligenciados? A melhor forma seria selecionar fotos que provoquem a associação e deixá-las em algum lugar bastante visível, a fim de que sejamos sempre lembrados de sua importância. No meu caso, selecionei as fotos, mas ainda não as imprimi, então abro no computador de vez em quando, mas não faz parte do meu ritual matutino.

E = Exercise (Exercício físico)

Não há necessidade de fazer exercício pesado aqui, pode até ser polichinelo. A intenção é oxigenar o cérebro. O ideal é que até então o café da manhã não seja tomado, pois o alimento acaba fazendo com que o nosso aparelho digestório consuma nossa energia, deixando o cérebro menos ativo. Eu acabo não realizando nenhuma atividade, pois vou para academia pela manhã, mas confesso que poderia ser interessante levar mais sangue e oxigênio para o cérebro.

R = Reading (Leitura)

Um dos grandes benefício que eu tive com esse ritual é o tempo que tenho para adiantar minhas leituras. Em média, consigo em torno de 10 a 15 minutos de leitura pela manhã. Normalmente, realizo logo após o meu banho e café da manhã.

S = Scribing (Escrita)

A ideia aqui é que seja mantido um diário para que sejam registrados nossas preocupações, desejos, ambições, pensamentos. Tenho mantido meu diário regularmente, mas é fato que alguns dias eu não tenho muita paciência para escrever ou não tenho muito o que escrever. Já aconteceu de eu escrever somente uma linha, mas o faço para não perder o hábito. Tenho usado o meu diário também para desabafar sobre questões pessoais e familiares. Então tem sido meio que terapêutico. No curto prazo já vejo muitos benefícios e é algo que quero manter. Só tenho que ter cuidado para que outras pessoas não leiam, pois muitos segredos meus estão lá, hehehe.

Minhas conclusões

Através da minha mudança de hábito, compreendo de forma genuína que começar o dia bem realmente faz uma diferença imensa em tomadas decisões e atitudes que acabo tendo ao longo do dia. Hoje eu vou para a cama mais cedo, pois tenho consciência do benefício que é levantar cedo, cuidando mais de mim. Acabava perdendo muito tempo em mídias sociais, teclando com contatos em apps gays e vendo vídeos pornô. Claro que não deixo de fazer isso, só que agora eu tenho um horário para parar. Como eu costumo ser bastante disciplinado, o hábito tem me ajudado muito.

Nos fins de semana, eu também mantenho a prática, exceto quando eu saio, que não é tão frequente. Inicialmente, achava que era exagero incluir os sábados e domingos, já que eu sempre me considerei noturno e gosto muito de dormir. A realidade é que os meus fins de semana têm sido muito mais interessantes agora. Consigo ler ainda mais, vejo mais séries e filmes. Além disso, consigo passear de bicicleta com tranquilidade aos domingos. Normalmente me sobra tempo para cozinhar algo a mais que me agrade.

Tenho ido para a cama às 22h e levanto às 5h. Dentro da minha rotina diária, eu consigo tirar cochilo todos os dias, o que me proporciona um gás ainda maior para trabalhar à tarde e parte da noite. Sei que esse é um privilégio que nem todo mundo tem, mas já fiz o teste de não cochilar, e consigo dar conta de tudo sem ficar bocejando.

Algo que fiz para me ajudar ainda mais no sono é ativar a “bluelight” que tem no celular e notebook. Programei para que diariamente ela seja ativada a partir das 20h30min e já sinto um alívio imediato nas vistas quando ocorre a ativação. Recomendo para todos que façam o mesmo.

A minha intenção aqui não é resumir o livro, mas essa breve descrição de como tem sido minha experiência. Creio que ler o livro irá ser mais convincente, já que o autor embasa muito bem todos os aspectos que são importantes.

É isso. Alguém aqui da comunidade da Finansfera já tem essa prática? Gostaria de ouvir um pouco das suas experiências também.

 

 

 

Anúncios

2 comentários em “O Milagre da Manhã – The Miracle Morning

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s