Atualização da carteira – julho / 2018

O mês de julho foi triste para toda a blogosfera devido ao falecimento do VdC. Me recordo que li o post de sua esposa poucos minutos após a sua publicação. Foi realmente devastador ler aquela notícia e creio que tenha feito toda a nossa comunidade refletir sobre a nossa existência e os nossos objetivos como investidores.

É muito importante mantermos o equilíbrio e não deixarmos de fazer aquilo que nos dá prazer. Muitos usam a máxima de que se deve gastar tudo que ganha, pois nunca se sabe se estará vivo no dia seguinte. No entanto, devemos pensar justamente no contrário: e se eu chegar aos 80 com uma aposentadoria precária? Por isso, continuo investindo mais de 50% da minha renda líquida e continuo fazendo as coisas que me dão prazer.

Neste semestre, comecei a trabalhar muito mais, focando no crescimento da minha renda extra. Como a maior parte desse dinheiro entra como renda informal, ele não entrará nas contas apresentadas aqui no blog. Essa grana será aportado, por exemplo, no período em que eu gastar mais com viagens ou outros gastos, quando, em tese, teria aportes bem inferiores. Dessa forma, devo conseguir manter constância todos os meses.

carteira
Distribuição da carteira

A partir deste mês, passei a fazer análise mais enxuta da minha diversificação. Os Bitcoins entram como um ativo distinto, oscilando bastante mês após mês. A minha meta é que atinja 30% do meu patrimônio em ações, faltando ainda 9%. Deixarei esses aportes para acontecer de forma paulatina até o fim do ano, tentando aproveitar as possíveis oscilações que devem ocorrer às vésperas das eleições, assim como a posse do nosso próximo presidente.

ações
Diversificação da carteira de ações

Vale sempre lembrar que isso não é uma indicação de empresas para que você se torne sócio. Recentemente entrei mais forte no setor de bancos e não me arrependo. Decidi também aproveitar a entrada do Banco Inter na bolsa e, até agora, estou bem satisfeito com os resultados.

consolidado
Consolidado

É uma alegria imensa ver o patrimônio voltar a crescer. Sei que ainda devo ter alguns solavancos até o fim do ano e em vários momentos dessa minha acumulação de patrimônio, mas é satisfatório ver que estou seguindo uma estratégia que faz muito sentido para mim.

evolução
Evolução da carteira

Considerando a meta que estabeleci no início  do ano, estou dentro do que é esperado e acredito que chegarei o fim do ano perto dela ou um tanto acima do objetivo.

Sigamos todos com muita tranquilidade e equilíbrio, meus caros.

Anúncios

6 comentários em “Atualização da carteira – julho / 2018

  1. É como uma facada no coração ver um homem e uma mulher se beijar, namorar, casar, ter filhos, e você ali no canto, chorando, destruído por dentro, sabendo que com você nunca vai ser assim pois não é normal, pois é gay.

    Penso em viver uma vida como hetero, mas, eu sei que eu não aguentaria, pois não queria trair ninguém. Por outro lado, já me sinto tão humilhado por ter sido muito pobre, feio, que ser gay é a tragédia cereja do bolo para mim.

    Saber que você vai sofrer o resto da vida com piadinhas, isolamento, mesmo você não sendo de esquerda, sendo recatado, tentando ser masculino. Eu não tenho um amigo sequer, nunca tive namorado pois não sou assumido (tenho 22 anos).

    As vezes penso em tirar minha vida! Queria tanto ser hetero igual a vocês!

    Na adolescência eu chorava feito criança todo sábado e domingo a noite pois nessa hora todo garoto da minha idade estava saindo com alguma paquera, alguma namoradinha, e eu isolado no quarto feito um idiota que nunca poderia desejar uma mulher como um homem de verdade, também não tinha dinheiro nem amigos.

    Há um ano eu decidi me “aceitar”, foi muito duro, nada de colorido ou alegre. Ou era isso ou eu faria uma mulher injustamente de idiota. Cometeria uma das piores traições que pode se ter: um homem trair sua mulher com outro homem. Seria muito sofrimento e egoísmo de minha parte.

    A pior tragédia que se pode acontecer na vida de um homem é ele ser homossexual e não querer ser. É uma coisa muito forte, você não escolhe, você as vezes se sente doente, as vezes louco. Você olhar no espelho e imaginar que você nunca vai ser o homem de uma mulher, nunca vai se casar, ter filhos, netos. Que você não é, exatamente, um homem de verdade.

    Sou um cara sozinho do mundo, quase sem família, sem amigos, sem ninguém. Frequento uma Igreja e por causa dela tenho uma vida social, tenho alguns colegas da minha idade mas gosto de interagir com pessoas mais velhas, talvez por quê nunca tive bons pais.

    Detesto minha vida, queria muito mesmo fazer novas amizades. Sou alguém que tenta ser legal, muito discreto, inteligente. Mas as pessoas hoje nem valorizam isso.

    Um filme que gosto muito é “Mary e Max: Uma Amizade Diferente”. Tenho alguns amigos virtuais, tem um até estrangeiro.

    Mas acho que não supre a falta de alguém de carne e osso.

    Ass: Mr. Fracasso

    Curtir

    1. Olá, Anom,

      Sinto muito pelo que diz no depoimento. Infelizmente, você acaba sendo o retrato de muitos homens gays que existem por aí. Eu sou de uma geração em que essas questões eram ainda piores, pois o preconceito e o sentimento de que estava fazendo algo de errado era muito maior do que hoje.

      Ao menos hoje em dia, existe a discussão nas várias mídias e o mundo está mais aberto. Ainda assim, sei que muitos ainda sofrem com essa questão.

      Realmente faz uma falta tremenda ter alguém do lado pra poder se abrir e você ser você mesmo, mas tudo é uma questão de tempo. Aos poucos as coisas vão se ajeitando e, no fim, tudo dá certo.

      Fique bem.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s