Atualização da carteira – junho / 2017

O mês de junho foi desprovido de aporte. Como já sabia que receberia uma parte do 13º no fim do mês, decidi aguardar o começo de julho para fazer um aporte mais consistente, pagando somente uma taxa de TED de transferência para a corretora.

Atualmente, o meu portfólio de investimentos tem a seguinte configuração:

grafico
Portfólio de EP

Passei o mês pensando muito na possibilidade de comprar mais debêntures, que estão com taxas bastante atrativas, mas estou quase certo de que não vale a pena aumentar tanto o risco de investimento por conta de uma taxa que não vai gerar um rendimento tão grande, levando em consideração a questão tempo dos juros compostos em investimentos com prazo de vencimento maior.

Dessa forma, devo seguir a minha estratégia de comprar mais ações, sobretudo agora em que a bolsa tem dado uma trégua. Nos últimos dias também comecei a dar uma olhada em Fintechs como forma de diversificar a carteira (ainda li muito pouco, mas parece uma boa alternativa).

consolidado
Consolidado – Junho / 2017

É possível observar um aumento bem tímido no meu patrimônio no mês de junho, causado sobretudo pela queda da bolsa de valores, além dos títulos do TD (IPCA 2035). O mês também foi marcado pelo recebimento de dividendos de algumas ações (pela primeira vez!) com o Itaú me remunerando R$ 0,45, gerando muita riqueza pro EP!

EVOLUÇÃO JUNHO
Evolução da carteira – Junho / 2017

Como esperado, o gráfico não é animador. No entanto, serve para me incentivar a não parar de fazer constantes aportes. O mês de julho deve ter aporte acima do dobro do que costumo fazer e isso deve fazer com que eu consiga quebrar a barreira dos R$ 100k!

O mês de julho deve ser de mais estudos sobre ações. Creio que próxima semana chegue um livro que comprei recentemente. Tenho pensado também em assinar o Bastter.com. Alguém aqui tem a assinatura? Vale a pena mesmo?

Anúncios

4 comentários em “Atualização da carteira – junho / 2017

  1. Grande EP,
    Não lembrava que 50% de sua carteira era TD… a julgar pelo tempo q vc entrou na blogosfera (e consequentemente as taxas praticadas pelo TD na época), suponho que as taxas do TD não sejam as melhores…
    Vc já pensou em se desfazer de parte do TD (vender antecipado) e realocar? Além da taxa pouco interessante, os valores de IPCA estão bem baixos ultimamente… e pretendem continuar, pois Temer não deve sair… bom, isso é somente um pitaco pra vc pensar mesmo, se me permite hehehe
    No mais, vc está acima do planejado… isso é fenomenal!
    Grande abraço!
    PD7

    Curtido por 1 pessoa

    1. Fala PD7,

      Pode ficar à vontade e dar uns pitacos sim, rs. Já pensei em tirar uma parte do Tesouro Selic, por estar com um valor um pouco acima do que seria necessário pra minha reserva de emergência. Mas não quero ficar girando meu patrimônio por conta das perdas através de IR mais alto e perda expressiva no juro composto a longo prazo no caso do Tesouro IPCA.

      Basicamente, é isso, rs.

      Curtir

      1. Acho que ninguém em sã consciência estimularia “girar patrimônio” hehehe
        Falei em realocação, pois vc provavelmente era inexperiente na época e pegou taxas não tão atrativas… mas essa decisão representa 50% de sua carteira.

        Hoje o EP tem outra visão sobre tudo (11% em debentures e pensando em aumentar? quem diria! hehehehe)… por isso foi mais uma provocação do tipo: vai deixar esses 50% assim?

        Mas enfim, bons ventos anyway! :p

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s